quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Truques particulares


Sento-me em um dos divãs. Peço um martini rose. As luzes se apagam.
A fumaça embaça minha vista. Cena de striper. Música excitante.
Movimentos ensaiados e sedução. Desejos infames roubam-me a atenção.
Olhar fatal com lápis azul e preto. Lábios provocantes.
Será brilho de menta? Uva? Chocolate?
Corpo moldado para o pecado e sem bronzeado.
Pele branca e macia exalando perfume cítrico.
Mãos inquietas e nas unhas,esmalte vermelho.
Costas e coxas à amostra com algumas tatuagens.
Pernas,cinta liga roxa e salto alto. Ah... Esses movimentos me instigam...
Lá de cima, sutilmente me encara. Abre as pernas se insinuando e passa a língua nos lábios.
Se masturba com um pirulito e faz algumas sacanagens. Mais um martini, duplo!
A garota sai de cena vestida um sobretudo. Quando passa por mim, pede para eu segui-lá.
Caminho em direção à ela que me tranca em um quarto aromatizado.
De costas,ela se deita na cama. Eu digo: Prefiro que seja em outro lugar.
Ela responde calçando a sandália: É mais caro. Não me importo. À espero no carro.
Ela fala alto. Peço pra que ela fique quieta e não fale nada.
Algumas horas depois, abusando do morango e chantilly, arranca minha roupa, em seguida,a dela.
Pressiona as coxas na minha perna. Seguro na cintura.. Apalpo-lhe as curvaturas..
Beijo o pescoço, falo-lhe ao ouvido..Chupo seus seios.. Jogo ela pra baixo...
Clítóris, língua.. ela diz: 69! Pedido perfeito! Vamos fazer amor ou sexo?
Perguntei: Qual é a diferença? Esta no toque. Me pegue como se me amasse.
Se me fizer gozar de verdade,eu não cobro nada!
A vontade dela, a fazia uma presa frágil e muito,muito, muito gostosa...
Ela mandando, esbravejou: Tente me fazer gozar logo!
Nesse instante fiquei quieta pois minha boca estava ocupada.
Eu tenho minhas habilidades e alguns truques particulares...
E não vou revelar "como" fiz.. Direi apenas que a posição delirante contribuiu.
Usei um pirulito de tuti-fruti .. Ela estava uma delícia e enlouquecida disse:
Isso! Isso! Vai! Isso! Não para! Um pouquinho mais rápido!
Éééé.. aaaa.. Isso.. iiiiisso! Aaaahhh
Adorei o som da voz dela me chamando pelo sobrenome
Ela gemeu sem ser escandalosa e me abraçando disse com uma voz rouca:
Daqui 15 minutos,quero de novo. Depois você me leva pra casa.

(detalhe importantíssimo: o pior).

Um comentário:

  1. .... incrivel duarte! adorooo kkkkk nada como uma historia erótica!!!

    ResponderExcluir